O melhor da vida à  beira mar de Jurerê

Inspire-se! 5 dicas para criar um save the date de casamento

Quando a data do seu casamento é decidida, já é hora de começar o planejamento e deixar os convidados cientes do grande dia! É para isso que serve o save the date de casamento!

O save the date funciona como um pré-convite, antes mesmo do convite oficial. Então ele não substitui o convite tradicional, é apenas uma forma de avisar os seus convidados sobre a cerimônia antes de tudo ficar pronto.  O pré-convite é ainda mais essencial quando se trata de um destination wedding, em que os convidados precisam se programar com muita antecipação.

Mas, afinal, como funciona o save the date? Confira as nossas dicas para criar o seu!

1. Tenha o timing certo

Não adianta enviar o save the date de casamento poucas semanas antes de enviar o convite oficial. A função do pré-convite é justamente avisar com antecedência. Então  procure enviá-lo pelo menos 6 meses antes da cerimônia. 

Se você vai fazer um destination wedding, enviar o save the date com até 10 meses de antecedência é uma boa ideia. Mas também não se apresse demais para enviá-lo, confirme primeiro todas as informações e a identidade do evento.

2. Coloque todas as informações indispensáveis

O pré-convite é algo simples, sem tantas informações ou detalhes. É preciso ter atenção para o que não pode deixar de estar lá: sobre o que é o evento (no caso, o casamento), quem está convidando, o dia da cerimônia e a cidade onde vai acontecer.

Se você tiver criado um site para o casamento, coloque-o também. E se achar que os seus convidados não estão familiarizados com o save the date de casamento, pode colocar que o convite oficial será enviado em breve.

3. Mantenha sua atenção para a identidade visual

Apesar da antecedência, o save the date já precisa estar alinhado à identidade visual do casamento. Então use as cores que vão predominar na sua cerimônia e insira o monograma dos noivos.

4. Saiba como enviar o save the date

Por ser mais informal, o envio do pré-convite vai depender dos próprios noivos e até do estilo do casamento. Uma das formas mais utilizadas é por e-mail ou até WhatsApp. Dessa maneira, não há custos e nem atraso no envio. 

Se você optar por enviar algo a mais no convite (por exemplo, algum detalhe que estará presente no casamento), dá pra enviar pelos Correios também.

5. Use a criatividade

Essa é a melhor parte de fazer um save the date! Mesmo seguindo o estilo da sua cerimônia, dá pra soltar a imaginação elaborando o pré-convite, já que ele é mais leve e informal. Alguns noivos optam por um vídeo do casal ou uma linha do tempo do namoro.

Alguns, até mesmo, enviam um balão com as informações para cada convidado encher ou um cabide para que se preparem para a grande festa. Vai depender do seu orçamento, estilo e, até mesmo, disposição. Se preferir algo mais prático, também é possível encontrar sites com layout para você montar.

Pode parecer simples, mas o save the date de casamento é uma forma gentil de deixar os convidados se prepararem com antecedência para o seu dia especial. Ele também pode ser usado para outros eventos, não somente para os matrimoniais.

Gostou das nossas dicas? Que tipo de save the date você faria? Deixe seu comentário no post!

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
Pousada dos Sonhos

Inspire-se! 5 dicas para criar um save the date de casamento

18:01

Publicado em: 09/01/2018  -  Arquivado em: Casamento na praia


Ainda não há comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Translate »