O melhor da vida à  beira mar de Jurerê

Orçamento de casamento: como equilibrar com contas pessoais?

Você tem a cerimônia perfeita em mente, já sabe como quer que tudo aconteça, mas tem um grande problema: não sabe muito bem como equilibrá-la com seus gastos pessoais. E sabemos que essa é uma questão essencial para que tudo saia do jeito que sonhou, não é mesmo?

Pois saiba que o seu bom gosto não significa necessariamente altos custos. É possível realizar uma festa linda sem gastos astronômicos. 

No post de hoje daremos dicas básicas de como montar seu orçamento de casamento e evitar muita dor de cabeça desnecessária com um planejamento que pode ser desgastante!

Continue lendo para descobrir como fazer seu sonho se tornar realidade sem precisar extrapolar o orçamento.

Defina seus gastos gerais

Primeiramente, é necessário se organizar e ver com o que você gasta. O ideal é montar uma planilha e separar tudo por categoria: contas, lazer, gastos do dia a dia e assim por diante. Assim poderá monitorar aqueles pequenos gastos desnecessários que, no final das contas, acabam saindo muito caro.

Avalie qual é a sua renda mensal e quais são suas principais despesas, incluindo as fixas e mais pesadas, como aluguel, parcelas de seu apartamento, condomínio, etc. Caso perceba que está gastando mais do que recebe, algo não está indo bem.

Ao ter tudo anotado, será mais fácil ver onde você errou e o que pode fazer para retomar o equilíbrio.

Estipule um plano inicial da cerimônia

Agora que você já sabe quais são suas despesas, é hora de definir quanto vai gastar com seu casamento como um todo. Este não precisa ser o projeto final, ele apenas te dará uma ideia de todos os gastos que terá com o evento. 

Para isso, comece pesquisando as opções e veja aquilo que irá precisar para que tudo saia como você quer. Sabemos como os preços podem variar neste tipo de mercado. Anote todos os dados em uma planilha, como local, fotógrafo, buffet, cerimonial, entre outros. É aqui que as suas prioridades ficarão claras e será mais fácil planejar o resto.

Faça uma poupança para seu orçamento de casamento

Pronto, você já tem uma ideia de quanto sua cerimônia dos sonhos vai custar, então faça o mais óbvio: poupe. Neste momento, sua situação orçamentária já está clara e dá para saber quanto você vai conseguir economizar até o grande dia!

Com o plano bem definido, você vai ver que poupar não será nenhum sacrifício. Além disso, sua organização irá refletir em seu orçamento, e separar uma quantia por mês para guardar no banco será fácil.

Monte um planejamento financeiro

Até aqui você já aprendeu mais sobre sua dinâmica financeira e onde costuma exagerar. Com seus objetivos bem delimitados, os resultados de tanta dedicação já vão começar a aparecer. Prossiga com um planejamento de todas as suas despesas pessoais e do que ainda precisa para continuar caminhando em direção ao seu sonho. 

Acredite, cortar gastos não significa gastar menos, e sim investir melhor seu dinheiro. É muito fácil, no meio do stress e da correria dos preparativos, nos rendermos a pequenas compras desnecessárias colocarmos tudo a perder! A dica chave é utilizar seu dinheiro de maneira racional.

Aos poucos, quando você for colocando tudo em prática, irá perceber que com as economias feitas, é possível até superar as suas expectativas e realizar seu evento na praia ou em outra cidade!

Então, curtiu as nossas dicas para fazer seu orçamento de casamento? Sabemos que é uma tarefa difícil e que exige muita dedicação e foco, mas temos certeza que vale a pena! Agora aproveite para ler nosso post com orientações para realizar esta grande celebração em um ano de crise econômica como o que vivemos e se sentir ainda mais confiante.

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Publicado em: 18/09/2017  -  Arquivado em: Casamento na praia


Ainda não há comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Translate »